ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR

SAC: (83) 2177.8897
(83) 99973.2694 (WhatsApp)

Dicas e notícias para lhe manter sempre informado.

:: MILHO NÃO TRANSGÊNICO

Por que escolher o milho não transgênico (Non OGM)?

Postado em: 29/07/2019 Milho não transgênico Shutterstock

O milho é um dos alimentos mais versáteis do mundo. São diversas as suas formas de utilização, que vai da alimentação humana e nutrição animal até a indústria química e mineração. É por isso que ele está entre os alimentos mais consumidos no mundo – cerca de 1 bilhão de toneladas/ano (USDA).

Para atender essa grande demanda de produção, produtores tem optado por plantar Organismos Geneticamente Modificados (OGMs), os transgênicos, aqueles que recebem um ou mais genes de outro organismo para tornar o grão mais resistente a pragas, diminuindo custos com o plantio e aumentando a lucratividade do produtor.

Mas há a desconfiança de que os alimentos transgênicos possam causar danos à saúde e ao meio ambiente, o que faz com que muitos mercados o rejeitem. Com isso, o alimento convencional, ou não transgênico, tem se tornado uma opção de insumo para alimentos que priorizam a qualidade e segurança.

O que é milho GMO Free?

É o milho livre de transgênicos ou milho convencional. Fornecedores de produtos de milho non-GMO aprimoram continuamente seus processos de produção, por meio de certificações que comprovam o uso de matéria-prima não transgênica na elaboração de sua linha de produtos. A certificação de qualidade GMO Free é um reconhecimento ao avanço da empresa, e garante ainda maior confiabilidade no mercado.

Para que as indústrias de milho atestem que seu produto é GMO Free, elas devem ter o controle de cada uma das etapas de produção: desde a criteriosa seleção de sementes; plantio do grão, cuidados no cultivo (solo, condições de drenagem, adubação, uso de fertilizantes e defensivos), cuidados no processo de colheita, secagem, transporte integrado e armazenagem segura – que eliminam, sobretudo, a contaminação cruzada acidental; amostragem, processos de limpeza, testes de qualidade; e, por fim, a entrega do produto final.

Certificação de Qualidade GMO Free

Para que os produtos não transgênicos possam ser facilmente identificados, as indústrias submetem seus processos de fabricação às normas da Cert ID, que atestam a condição não OGM do produto, por meio do Sistema de Qualidade IP (Identidade Preservada).

Ao adquirir ingredientes industriais com o selo GMO Free, a empresa contará com produtos atestados por:
– Inspeções periódicas para garantir a conformidade com os padrões Cert ID e com a legislação;
– Protocolos de amostragem, desenhados através de análises estatísticas de risco, estatisticamente válidos, para testes de garantia de qualidade do produto;
– Certificado de Sistema de Preservação de Identidade;
– Certificados Não-OGM para cada lote vendido;
– Uso do selo GMO Free, com credibilidade reconhecida internacionalmente.

Crédito de Conteúdo: Alfredo R. Andrade - Fonte: Site www.milhão.net